Eu acho que devo ganhar muitos prezentes no Natal deste ano. É, veja bem, fui comportado o ano todo. Ou melior, na maior parte do tempo. Se o ano tem 365 dias, então eu posso dizer com bastante orgulio que me comportei em 359 dias de tudo isso. Dá 98,4% de boas ações, acredito ser um número muito bom.

É lógico que a minha irmãzinha não vai dizer isso. Ela vai falar que eu passei o ano todo puchando o cabelo dela ou pintando aqueles cabelos cacheados de guache amarelo. Ou arrancando as cabeças das bonecas dela. Mas é tudo mentira. E é mentira porque eu tenho um hálibe: enquanto ela estava brincando de panelinha e cazinha com as amiguinhas chatas dela eu estava gastando o meu tempo brincando de Comandos em Ação. Lá no (quar), quintal. É. É isso mesmo.

A tia Glória lá na escolinha também vai querer te convencer do contrário. Ela vai falar que eu fui muito levado e per… per… peráuta, acho que é isso que ela falava pra minha mãe. Eu não tenho a menor culpa se o Luquinhas (aquele chato barrigudo que senta lá no fundo) colocou o boné cheio de areia do parquinho. Primeiro porque areia é pezada e ao pegar o boné ele deveria ter percebido. Eu acredito piamente que não posso ser culpado pelas indiotisses dos outros. Eu não tenho nada a ver com isso. E se a tia Glória tá falando mal de mim, então é ela que não ta encinando direito as coisas para a gente. Pô, tia Glória, ensinasse o Luquinhas a ser mais inteligente!

A minha mãe gosta muito de eu. Ela fala para as amiga dela que eu sou uma gracinha, um menino muito bem comportado. Ela disse esses dias para a minha irmãzinha para aprender comigo, porque ela só faz bagumça com as panelinha dela pela casa (tudo bem que ela falou brava pra Priscila depois de ter espetado o pé numa frijideirasinha amarela de plástico que tava perto da cama). Mas eu acho, Papai Noel, que o senhor deveria ouvir mais a minha mãe. Dizem que mãe sempre sabe de tudo, sempre sabe das coisas. Mais que médico, por sinal. E mais que a tia Glória lá da escolinha.

Então. Eu queria antes aquele novo boneco do Mega Red Titan, o original, da Imagine Brinquedos, não o falcica que minha mãe achou no camelô. Primeiro que esse falcica aí tem os dedo colado e não se meche que nem o que aparece na tevê. E segundo que eu vi com esses dois olhos que coisas falcificadas ajudam o crime organisado. Tá vendo? Eu não sou apenas muito bem comportado como estou pensando no bem-enstar da sociedade. Acho que só por cauza disso eu já deveria ganhar o Mega Red Titan original.

Eu também queria aquele carrinho de controle remoto que vi na loja Sapeca aqui da minha cidade. Ele é tão legal, não tem fio! Eu acho que carrinho de controle remoto com fio é coisa de gente antiga. Adúltero, coisa de gente grande, adúltera. Meu vô fala que na época dele ele tinha que brincar com pião. Pião… Ele só fala isso porque naquela época não ezistia tevê, senão ele ia ver que eziste esse carrinho de controle remoto sem fio ou o Mega Red Titan. Por isso que eu acho que a tevê foi uma das meliores invenção da umanidade.

Falando nisso, eu queria um Diverstation 3 nesse Natal, aquele videogame super moderninho para eu ligar na minha tevê. Diverção em família, por cauza que com dois controles eu posso jogar com a Priscila ou com o meu vô ou com a minha mãe ou meu pai. Depois dizem que essa minha gerassão só fica na frente da tevê e perdeu os lassos familiares. Eu tenho a certeza absolútela que com um Diverstation 3 eu serei capas de recuperar todos esses lassos  familiares que estão falando.

Para ensserrar, finalizo a minha cartinha deste ano dizendo já muito obrigado de antemão. A torta que a Mamãe Noel deixou aqui em casa no ano passado foi muito boa, mas avisa ela que eu não gosto de uva passa. Não sei o que gente grande acha de uva passa, mas me faz cosquinha na garganta. E é ruim. Eu tirei todas e dei pra Priscila, falei que era presente da Mamãe Noel pra ela e ela pediu pra agradesser. Viu só, eu fiz uma boa ação. Sei que to escrevendo muito adiantado essa carta, mas sabe como é, sempre tem greve dos carteiros. Minha mãe me esplica, mas eu nunca entendi o que é isso. Deve ser feriado. Mas eu acho que os carteiros tem que tirar feriado mesmo.

Não quero precionar não, mas cazo o senhor venha aqui em casa, por favor, dexarei colado na porta do meu quarto o meu nome escrito em giz de cera. Aí vem me falar um oi. Mas assim, traz também o Diverstation 3, o Mega Red Titan e o carrinho de controle remoto sem fio. É, por cauza que se minha irmãzinha ver que eu ganhei isso, ela vai chorar. Então não esquece, tá?

Tudo de bom, Papai Noel

Joaquim

Observassão: Não esquece os meus presente, tá?

Victor Hugo, vulgo Jingle Jones

Deixe um comentário elegante

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s