Cosplay!

Como vocês já devem ter notado pelo tamanho épico deste especial, o universo de Star Wars é quase tão grande quanto o nosso, senão infinito. Filmes, seriados, livros, quadrinhos, miniaturas, dioramas, trilhas sonoras e tudo quanto é forma de expressão acaba entrando na onda, criando assim o que chamamos de fandom. Uma dessas dimensões que… Continue Reading


Fique chocado com Metropolis

Chocado. Atordoado. Estarrecido, pasmo, é pouco. Assisti há pouco e com um atraso vergonhoso a animação japonesa Metropolis (メトロポリス) de 2001, baseado na obra de Osamu Tezuka que já contava, mesmo tendo sido escrito há mais de 50 anos, uma visão futurista da humanidade. O fã de ficção científica que adorou Blade Runner por sua… Continue Reading


Ghost in the Shell 2.0 – Simplesmente… sublime

Não há dúvida alguma de que Ghost in the Shell (攻殻機動隊 Kōkaku Kidōtai no original) já faz parte do que convencionamos chamar de Cyberpunk nas últimas décadas, com vários elementos deste movimento que tornam essa película memorável para qualquer ser pensante. Bom, na verdade, memorável para aqueles que gostam de pensar bastante.


See ya, Space Cowboys

Um dos animes mais cultuados e aclamados dos anos 90 vai ganhar uma versão live-action. Isso muito me assusta, porque sou uma das adoradoras desta obra de arte, que une cultura pop, uma boa história, ação e personagens maravilhosamente bem construídos. Cowboy Bebop é um dos melhores animes que já vi na vida (e olha… Continue Reading


Seatbelts!

Yoko Kanno detona. Yoko Kanno escreveu, arranjou (e algumas vezes até cantou) as trilhas sonoras dos animes Macross Plus, Turn A Gundam, Cowboy Bebop e Ghost in the Shell: Stand Alone Complex. Hoje com 46 anos e ainda atuando no mercado, é líder do grupo de metais Seatlbelts, big band que deixou sua marca na… Continue Reading


Música no Ciberespaço

Antes de mais nada, você deveria assistir ou ler Ghost in The Shell (攻殻機動隊). Não é dica, não é sugestão, é obrigação. O mangá infelizmente não tem tradução para o português, todavia, quem é brazuca e ainda não assistiu a animação cujo título nas terras de cá é “O Fantasma do Futuro” (1995, Flashstar) deveria… Continue Reading