Lugar Nenhum

Lugar Nenhum

Assisti neste domingo a um documentário no The History Channel chamado “Cidades Ocultas” que sempre conta sobre os subterrâneos ou alguns segredos sórdidos de alguma cidade famosa, desta vez falando sobre os túneis secretos de Portland, Oregon. De acordo com o programa, dada a corrida do Ópio e a escassez de marinheiros para perfazer a rota dos EUA/Inglaterra até a China no século XIX , vários traficantes de escravos – brancos – construíram embaixo de Portland toda uma rede de  túneis subterrâneos onde mantinham bêbados das tavernas da região, prostitutas e demais desafortunados destinados ao tráfico, tudo embaixo dos pés dos habitantes da cidade… Imaginem a situação, você está jantando na sala com sua esposa e filhos… um belo Peru de Ação de Graças… Ao mesmo tempo em que, bem debaixo dos seus pés, não só alguém é mantido em cativeiro como existe uma outra cidade, com suas rotinas e cotidianos sem a menor chance de ver a luz do Sol.

Continuar lendo “Lugar Nenhum”
Coraline

Coraline

Olá mais uma vez a todos vocês. Gostaria de começar este tópico com uma pergunta: vocês já leram Alice no País das Maravilhas e, melhor ainda, Alice no País do Espelho (ok, eu sei que a tradução não condiz realmente com o nome original, Through The Lookiing-Glass, fazer o que…)? Bom, aos que leram, muito bons, não são? Criados por Lewis Carroll no século XIX, o primeiro foi uma história – alucinante – contada numa tarde para a pequena Alice Liddell, ambientado num país dos sonhos em que encontrava Largartas Gigantes fumando um narguilé, Dodôs e outros animais correndo sem parar em volta de uma pedra, um ratinho muito temperamental contando uma história no mínimo esquisita e, para não esquecer, personagens cativantes (malucos) como o Gato de Cheshire, o Coelho Branco, a Lebre e o Chapeleiro Louco e a Rainha de Copas… Demais.

Continuar lendo “Coraline”