DD Logo

Senhoras e senhores, nobres aventureiros de reinos distantes e outros jogadores de RPGs, bem vindos ao primeiro artigo da seção (se é que vai virar seção) Diário de Campanha! Aqui eu registrarei alguns dos principais momentos das campanhas de Dungeons & Dragons 5e que tenho mestrado nos últimos dias. Como artigo inaugural, eis os primeiros momentos da campanha D&D Tyranny of Dragons: Hoard of the Dragon Queen, ainda em andamento.

sons ensurdecedores tomaram conta da noite de Ninhoverde. Os sinos da igreja e do forte tocavam sem parar em uma sinfonia desesperada, informando os pobres moradores daquela cidade que estavam em um grande perigo.

O córrego que atravessa a cidade ao meio adquiriu uma forte cor avermelhada, carregando consigo o cheiro de morte, como uma ferida aberta nos campos da Costa da Espada. Os telhados das casas estavam sendo rapidamente engolfados pelo fogo, cujas labaredas tentavam em vão alcançar o céu.

Mulheres e crianças choravam aos borbotões pelas ruas, ao passo que os homens gritavam de desespero ao verem as colheitas daquele ano sendo todas destruídas. Os ladrões chegaram de todos os lados, invadiram as casas e levaram consigo as parcas riquezas daquele povo.

Panelas de cobre, bronze, imagens de estanho, jóias, armas variadas e algumas moedas de ouro foram armazenadas em várias caixas e sacos de juta para serem revendidas em algum lugar. Os moradores que mostraram qualquer resistência aos gatunos foram rapidamente silenciados pelo fio da navalha.

before_the_attack_of_the_dragon__tightrope_games_by_sergeyzabelin-d8z6w7a

Outros homens com máscaras espalhafatosas coordenavam a invasão, controlando a invisível Trama Mágica de Faerûn, moldando-a em raios da morte, explosões de fogo e portais para mundos inomináveis, de onde saíram criaturas abissais famintas de sangue e destruição.

Um monstro sem tamanho sobrevoava a cidade, trazendo em seu hálito a morte e o fim do mundo. Suas escamas e as asas colossais de lápis lazuli refletiam as chamas daquele mundo, como um espelho distorcendo a triste realidade de Ninhoverde. A cada passagem, as pessoas gritavam, choravam, paralisavam em meio ao desespero, para logo depois serem absorvidas numa explosão de luz. Uma infinitude de raios deixavam a imensa bocarra do dragão, para encontrar o seu fim certo nas vítimas aterrorizadas pelo medo.

Contudo, o pior ainda estava para acontecer. No meio da noite e singrando entre as estrelas, todos viram o presságio de morte. Um rastro de luz cruzava o manto estrelado, anunciando que dias difíceis estariam por vir. A invasão dos ladrões era apenas um prelúdio de dias de fome, doença e guerra.

– Diário de Leosin Erlanthar

Victor Hugo Kebbe, o Mestre

Este conto faz parte da campanha Tyranny of Dragons que, por sua vez, é dividida em dois momentos principais, a D&D Hoard of the Dragon Queen e D&D Rise of Tiamat. A campanha Tyranny of Dragons foi o selo inaugural das aventuras da quinta edição de Dungeons & Dragons, o roleplaying game mais famoso do mundo. Para Mestres de plantão, o conto aqui apresentado narra alguns dos primeiros momentos do Episode – Greenest in Flames.

Victor Hugo Kebbe

Nerd, Antropólogo Japanologista, Bibliotecário do Novo Canon e do Velho Universo Expandido de Star Wars, Dragonborn, Witcher, Vault Hunter, exímio piloto de A-Wing, combatendo os Geth e Reapers até os dias de hoje.

Deixe um comentário elegante

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s