Audaciosamente indoImagem: Adaptação de Star Trek – Into the Darkness, Matt Ferguson, 2014

Frequências de Saudações Abertas,

É engraçado como certas coisas acontecem. Antes de iniciar o Ao Sugo com o Marcus Vinícius, isso em 14 de fevereiro de 2008, atuei como colaborador do antigo Jornada BBS, um dos maiores portais de Jornada nas Estrelas do Brasil daqueles tempos. Conhecendo o Marcus há mais de 20 anos, decidi criar com ele um outro tipo de site, abordando um escopo mais amplo de temas para além de Star Trek.

Eis que depois de quase 7 anos (meu deus, 7 anos já), estou eu aqui escrevendo o Editorial para a mais nova coluna do Ao Sugo sobre… Jornada nas Estrelas! Dada a patente obviedade da situação, não me venham com esse papo de que o mundo dá voltas, ciclos se encerram, novos começam ou recomeçam. O Ao Sugo começou falando de Fantasia e deu tão certo que aí ficou, mas Jornada sempre esteve presente (talvez não tanto quanto eu gostaria, por efeito de preguiça e/ou perfeccionismo).

Com essa nova coluna busquei reunir alguns dos artigos mais lidos de Jornada nas Estrelas do Ao Sugo, iniciando um esforço semelhante ao Ithildin, Tannhauser e, principalmente, àquele empreendido com a Holonet. Na sua devida caixinha, agora os textos ficam organizados e facilita a própria ampliação do nosso acervo. É aquela história, depois que você bota a ideia no PADD, ela começa a tomar forma e aponta para novos desdobramentos.

É importante tecer um aviso, em especial para os leitores trekkers do Ao Sugo. Falta muita coisa ainda. Falta falar de todos os seriados com o devido cuidado, alguns livros, jogos e tudo mais. Mas entendam: a nossa premissa sempre foi oferecer análises diferenciadas aos nossos leitores, o que demanda um baita tempo e organização, especialmente quando entre tantos outros temas que abordamos aqui no site. Contudo, agora que a nave saiu das docas rumo à Fronteira Final, nada mais nos segura. Peço que deixem seus comentários e feedback sobre o que gostariam de ver abordado aqui sobre Jornada. Bem vindos à Audaciosamente indo!

Frequência de Saudações Encerradas,
Victor Hugo, editor do Ao Sugo

Deixe um comentário elegante

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s